Polícia

Mãe tenta há 6 meses entregar ventilador a preso na Máxima

Familiar é informada que eletrodoméstico não está na lista

Midiamax Publicado em 10/01/2017, às 21h22

None
maxima_1_0.jpg

Familiar é informada que eletrodoméstico não está na lista

A mãe de um detento da Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande tenta entregar um ventilador ao filho desde julho de 2016. Conforme a visitante, o filho já pediu autorização à chefia da Unidade para a entrada do eletrodoméstico, mas sempre acaba 'barrado'.

Eliete Carvalho Barros disse que as tentativas ocorrem nos dias indicados para a entrega, no caso, às terças-feiras. "Sempre me informam que o ventilador não está na lista, mas vejo muitas pessoas entregando até com panelas. Entreguei as roupas, mas não o ventilador. Em todas as visitas, ele me diz que já mandou a autorização", relata.

Segundo a familiar, uma agente chegou a orientá-la a ligar antes de ir até o presídio, mas não foi informada se o pertence estava na lista. Além do descaso, a visitante tentou contato com a assistência social da unidade e também não conseguiu.

O Jornal Midiamax indagou a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário do Mato Grosso do Sul) sobre a situação que informou que o pedido de autorização para a entrada do ventilador deve ser feita pelo interno à chefia de Vigilância, que emite a autorização aos agentes da portaria para receberem o equipamento no dia de entrega de pertences. 

Essa autorização é analisada conforme as necessidades e capacidade de cada cela. Ainda segundo a Agepen, caso a visitante tenha alguma dúvida, deve entrar em contato com a chefia de vigilância do presídio.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 9 9207-4330.
O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax