Polícia

Jovem leva dois tiros em atentado e polícia prende casal horas depois

O autor do crime é irmão da vítima 

Midiamax Publicado em 09/01/2017, às 02h17

None
img-20160215-wa0005.jpg

O autor do crime é irmão da vítima 

Um rapaz de 21 anos foi ferido a tiros na tarde deste domingo (8) no Loteamento Vespasiano Martins, em Campo Grande. Os autores, presos horas depois, foram identificados pela polícia como o próprio irmão do jovem, Adriano Gonçalves e Geovana da Silva de 23 anos.

O caso aconteceu por volta das 16h30. Familiares do rapaz contaram a Polícia Militar que ele foi surpreendido por duas pessoas em uma motocicleta vermelha no cruzamento das ruas Luiz Gustavo Ramos Arruda com Antídio Souza Guedes. O passageiro da moto então teria disparado cinco vezes contra a vítima, que foi atingido na coxa e na mão.

As testemunhas ainda relataram que a autora do crime seria Geovana da Silva e que o condutar da motocicleta seria o irmão da vítima, Adriano Gonçalves. Enquanto isso, o rapaz foi levado pelo Corpo de Bombeiros para a Santa Casa.

Em rondas, os militares descobriram que depois do crime a mulher teria fugido para um matagal e horas depois conseguiram encontrar a suspeita em uma residência na Rua Marques de Barbacena. Presa, a mulher negou o crime, mas foi reconhecida pela vítima e acabou levada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

Em seguida, Adriano Gonçalves se apresentou na delegacia, confessou o crime e chegou a indicar a polícia onde estavam a arma e a motocicleta usadas no crime, mas elas não foram encontradas.

O caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil na forma tentada, homicídio qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido, na forma tentada. 

Jornal Midiamax