Polícia

Jovem ferido a tiro durante briga entre policiais não corre risco

No entanto, ele ainda não tem previsão de alta

Thatiana Melo Publicado em 02/07/2017, às 11h53

None

No entanto, ele ainda não tem previsão de alta

O jovem, de 18 anos, atingido por um tiro durante uma briga entre policiais, que resultou na morte do tenente, João Miguel Alem Rocha de 50 anos, passou por cirurgia na Santa Casa de Campo Grande.

De acordo com a assessoria do hospital, ele passou por uma cirurgia de laparotomia exploradora, que consiste na abertura do abdômen para explorar qualquer dano. O jovem está consciente e orientado e está internado na enfermaria do hospital.

Ainda não há previsão de alta. A vítima foi atingida, no abdômen, por disparo durante uma briga entre um sargento da Polícia Militar, no Bairro Nova Lima, em Campo Grande. Ele estava trabalhando em uma bicicletaria, quando houve os disparos.

Entenda o caso

O crime teria acontecido por conta de um desacordo comercial envolvendo a venda do carro, um Nissan, que passou por perícia, neste sábado (1º). Informações preliminares apontam que durante a discussão o tenente teria dado um tapa na cara do sargento, que em seguida atirou nas costas do PM da reserva. O sargento estaria portando uma arma calibre 40, e a vítima, que levou três tiros, um revólver calibre 38, que foi apreendido.Jovem ferido a tiro durante briga entre policiais não corre risco

Os dois policias estavam de folga e teriam ido até uma oficina mecânica, localizada na esquina da Rua Gualter Barbosa com a Assunção Borba. Ambos armados, eles teriam discutido e atirado um contra o outro. O tenente, que estava na reserva da PM, ficou gravemente ferido e morreu após 46 minutos de tentativas de reanimação feitas por equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel).

Os disparos também atingiram um homem que não estava no local e foi ferido no abdômen. Ele foi socorrido por equipes do Corpo de Bombeiros até unidade de saúde. O jovem ferido, que não tinha nada a ver com a briga dos policiais foi levado para a Santa Casa da Capital.

Jornal Midiamax