Polícia

Grupo cerca área de fazenda e garante: ‘Ministério Público autorizou’

Proprietário procurou a Polícia Civil

Midiamax Publicado em 24/06/2017, às 19h01

None

Proprietário procurou a Polícia Civil

Um proprietário rural de 58 anos procurou a Polícia Civil de Dourados, a 235 km de Campo Grande, depois de ser surpreendido por um grupo de oito pessoas gradeando suas terras, na manhã de ontem, sexta-feira (23).

Conforme o boletim de ocorrência, o fazendeiro chegou à propriedade que fica ao lado da Aldeia Bororó e visualizou um tratorista, que indagado afirmou estar no local a mando de uma pessoa identificada como ‘Chitana’.

Segundo o proprietário do local, o mandante estava acompanhado de outras pessoas, cerca de oito, e que indagado sobre a presença no local teria afirmado: “O Ministério Público autorizou nós gradear aqui, nós ganhamos a ação, e tamo gradeando com autorização do Ministério Público (sic)”.

O fazendeiro informou sobre a escritura da terra, e que iria procurar seus direitos, aonde foi orientado por advogado a registrar um boletim de ocorrência para entrar com pedido de reintegração de posse.

Grupo cerca área de fazenda e garante: ‘Ministério Público autorizou’

Jornal Midiamax