Golpista é preso em cartório da Capital enquanto tentava vender terreno

'Venda por meio de procuração'
| 28/04/2017
- 05:27
Golpista é preso em cartório da Capital enquanto tentava vender terreno

‘Venda por meio de procuração’

Um homem de 43 anos foi preso em um cartório da Capital com documento falso no momento em que tentava vender um terreno. De acordo com a polícia, um funcionário do cartório desconfiou de um RG (Registro Geral) e entrou em contato com a Dedfaz (Delegacia Especializada em Repressão a Crimes de Defraudações e Falsificações). 

O terreno em questão fica localizado no Bairro Nova Campo Grande. Os policiais foram ao local, e constataram que a digital do documento não condizia com a emitida pelo instituto de identificação. 

O RG em nome de outra pessoa, suposto dono do terreno, estava com o autor que tentava fazer a negociação da venda por meio de procuração confeccionada na cidade de Angélica. O autor foi preso e levado à delegacia para prestar esclarecimentos. 

Veja também

Bandidos teriam ainda feito a mulher gravar um vídeo pedindo socorro e enviaram para a filha na intenção de conseguir mais dinheiro

Últimas notícias