Polícia

‘Gazela de brinco’ é preso negociando droga avaliada em R$ 24.800

Tinha mandado de prisão em aberto

Thatiana Melo Publicado em 06/01/2017, às 13h48

None
monstagempreeesos.jpg

Tinha mandado de prisão em aberto

Depois de denúncias da venda de drogas no Jardim Sayonara, policiais da Derf (Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes de Roubos e Furtos) prenderam Rodrigo Aparecido Gurgel, conhecido como ‘Gazela de brinco’, de 26 anos, e Ana Maria do Nascimento, de 47 anos, por tráfico de drogas.

Segundo informações, depois das denúncias a polícia descobriu que ‘Gazela de brinco’ estaria com um mandado de prisão em aberto. A residência do autor passou a ser monitorada pela polícia, que nesta quinta-feira (5) fez o flagrante de Rodrigo negociando drogas com Ana Maria.

Durante a abordagem ao veículo Volkswagen Gol, os policiais encontraram 28 quilos de maconha e 404 gramas de cocaína, que estavam sendo negociadas. Cada quilo da maconha seria vendida por R$ 600 e a cocaína vendida por R$ 8 mil dando um lucro de R$ 24.800.

Os dois foram levados para a delegacia de polícia e autuados por tráfico de drogas.

Preso pelo mesmo crime

Rodrigo Aparecido Gurgel foi preso em 2014 pelo Batalhão de Choque por tráfico de drogas,e porte ilegal de arma. ‘Gazela de brinco’ foi preso, no Bairro Silvia Regina, com duas motocicletas furtadas, maconha e uma pistola.

Os militares realizavam rondas quando abordaram Rodrigo Aparecido Gurgel, de 24 anos. Ele estava conduzindo uma motocicleta Honda CG 125, placa HTE-8721. Em revista, foi encontrada uma porção de maconha, que ele alegou ser para consumo pessoal. Os policiais checaram a placa do veículo e descobriram que possuía registro de furto ou roubo. Na motocicleta também havia o controle remoto de um portão eletrônico.

Gurgel disse que o controle seria do portão da casa dele, mas desconfiados, os militares foram até o local onde ele disse morar. Os policiais constataram que o controle remoto do portão não funcionou e entraram em contato com o dono da casa, Robert Amorim Da Silva, de 26 anos.

Silva disse que Gurgel era amigo dele e foi questionado pelos militares sobre a existência de algo ilegal no local. Ele confirmou que havia e deixou os policiais entrarem na casa. Foi encontrada dentro de um guarda-roupa uma pistola Taurus calibre 380, furtada em abril deste ano, com carregador e onze munições.

Conforme a PM, Silva disse que a arma de fogo pertence ao amigo Gurgel e também informou o endereço correto do ‘amigo’. Os militares foram até a casa, no Bairro Silvia Regina e conseguiram fazer o portão funcionar com o controle remoto.

Na varanda foi encontrada uma motocicleta Yamaha, placa HSJ-1878, roubada. Gurgel disse que o veículo seria de outro amigo. Os policiais realizaram busca no imóvel e encontraram 20 munições intactas de calibre 38, quatro tabletes de maconha e alguns pedaços já preparados para a venda.

Jornal Midiamax