Polícia

Empresário é achado morto em casa e ex-mulher é principal suspeita

Mulher procurou delegacia acompanhada de advogado

Aliny Mary Dias Publicado em 01/12/2017, às 17h41

None

Mulher procurou delegacia acompanhada de advogado

O empresário Ivan Junior Marchezan da Cunha, de 55 anos,  foi encontrado morto na casa onde morava, na Rua Vicente Solari, na Vila Bandeirante, em Campo Grande, no início da tarde desta sexta-feira (1º). Informações preliminares indicam que a ex-mulher do homem, Dirleia Patrícia Monteiro, de 38 anos, é a principal suspeita pelo crime.

A vítima, até então considerada desaparecida, foi encontrada morta dentro da residência por policiais civis, que estavam acompanhados da filha do casal. As equipes foram até o local depois que a ex-mulher teria se apresentado em delegacia acompanhada de um advogado.

Na unidade, a mulher teria dito que brigou com o ex-marido e que acabou o ferindo na cabeça. Equipes seguiram da delegacia para a casa da vítima e encontraram o homem morto sobre a cama do casal. 

A família de Ivan, que possui uma imobiliária, desconfiava do crime porque o estabelecimento foi arrombado e dinheiro acabou furtado. Ivan e a mulher estavam juntos há 10 anos, mas discussões recentes teriam ocasionado uma separação. 

Empresário é achado morto em casa e ex-mulher é principal suspeita

Jornal Midiamax