Cinco são presos na fronteira suspeitos de integrarem facção criminosa PCC

Operação seria para prender um dos chefes da facção
| 27/04/2017
- 14:30
Cinco são presos na fronteira suspeitos de integrarem facção criminosa PCC

Operação seria para prender um dos chefes da facção

Após investigações da Polícia Nacional do Paraguai, cinco brasileiros foram presos nesta quarta-feira (26) em Capitã Bado na fronteira com a cidade de Coronel Sapucaia distante 380 quilômetros de Campo Grande suspeitos de integrarem uma facção criminosa.

Foram presos Paulo Cesar Alves Figueira, de 49 anos, Erivaldo Rosa Mendes, de 32 anos, moradores do estado da Bahia, Edilson Teles Maciel, de 27 anos, Fernando Gomes Novaes, de 26 anos, de Sergipe e Elio Reis Junior, de 32 anos.

Eles estavam em um bairro de Capitã Bado, e de acordo com informações do site Porã News a investigações seriam para prender um dos líderes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) e a ação acabou com a prisão dos integrantes, que seriam da facção FDN (Família do Norte) ou do CV (Comando Vermelho).

Ainda segundo informações não foram localizadas armas com o grupo.

 

Veja também

Últimas notícias