Polícia

Acostumada a acordar inquilino, locadora encontra homem morto

Corpo estava na cama e não tem ferimentos

Midiamax Publicado em 29/01/2017, às 12h42

None
homem_encontrado_morto.jpeg

Corpo estava na cama e não tem ferimentos

José Célio da Silva, aparentando cerca de 48 anos, foi encontrado morto em sua cama nesta manhã de domingo (29). Até então não foi encontrado nenhum ferimento do homem e as primeiras impressões levam a crer que o falecimento ocorreu por causa natural. O caso será registrado como morte a esclarecer.

Silva morava em uma vila de casa, onde a proprietária Josefa Firmino, 77 anos, aluga 10 quartos. Esta é localizada na Rua de Todos os Santos, na Vila Margarida. Segundo ela, José morava há dez anos no local e nunca viu nada que desse a entender que ele tinha algum problema de saúde.

Ela relatou a nossa reportagem que seu esposo sempre ia no quarto chamar o inquilino, que morava sozinho, e nesta manhã fez o mesmo e ao ver que Silva não respondeu como de costume, entrou na casa e o encontrou morto, em sua cama, coberto normalmente.

Os donos da vila chamaram o corpo de Bombeiros, que constataram que o homem não tinha mais sinais vitais e já estava com gelado. Na sequência foi feito chamado ao Samu (Serviço Móvel de Urgência) para atestar óbito. Logo após foi contactado a funerária para a continuação dos procedimentos.

Fotos: Cleber Gellio/Midiamax

Jornal Midiamax