Polícia

Vigia noturno é espancado, morto com 13 facadas e três são suspeitos

Um teria sido localizado

Renata Portela Publicado em 18/11/2016, às 11h25

None
policia_ilustrativa-gw6_4.jpg

Um teria sido localizado

Na noite de quinta-feira (17), João de Deus Almada, de 71 anos, foi assassinado em Amambai, município distante 352 quilômetros de Campo Grande. Ele trabalhava como vigia noturno e segundo a polícia foi espancado e esfaqueado por três rapazes.

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares foram acionados por volta das 23 horas para irem até a Vila Estrela, onde teria ocorrido uma briga envolvendo quatro pessoas. No local, os militares foram informados que João tinha sido agredido por outros três rapazes.

Uma testemunha contou aos militares que João trabalhava como vigia noturno e cuidava das casas na região. Quando fazia ronda, ele foi agredido pelos três desconhecidos, com porretadas e facadas. A vítima chegou a ser levada para o hospital pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo informações do hospital, a vítima foi ferida com 13 facadas, no abdômen, perna, ouvido, costas e ainda uma paulada no ombro e uma no rosto. Um indígena foi encontrado pelos policiais com uma bicicleta vermelha furtada e tinha várias manchas de sangue na roupa. Ele foi encaminhado para a delegacia.

Não há detalhes se há presos e se os autores foram identificados. O caso é tratado como homicídio simples e foi registrado na delegacia do município.

Jornal Midiamax