Polícia

Vigia é preso por orquestrar assalto em posto de gasolina onde trabalhava

Planejou a ação com mais dois comparsas

Diego Alves Publicado em 22/06/2016, às 23h23

None
sem-titulo-11.jpg

Planejou a ação com mais dois comparsas

O vigia Albertino Valdez de 56 anos foi preso por “orquestrar” um roubo no posto de combustível onde trabalha em Maracaju, cidade a 157 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a Polícia Civil, Albertino planejou a ação criminosa com mais dois comparsas.

Os outros autores foram identificados como Tamir Souza da Costa, de 26 anos, e Fernando Caires Souza, de28 anos.  Ainda segundo a polícia, Albertino conhecia a movimentação e a rotina dos funcionários, bem como que o funcionário do caixa estaria sozinho com o dinheiro após as 20h.

Após confirmar que o caixa estava sozinho no posto de combustíveis e que havia dinheiro no estabelecimento, Albertino ligou para seus comparsas. Com um simulacro de arma de fogo, a dupla entrou no pátio do posto com capacete, momento em que Albertino sinalizou com mãos para eles adentrarem e renderem o caixa.

Albertino simulou que foi rendido por Fernando até que Tamir pudesse subtrair o dinheiro do caixa.

Confrontado com as imagens do sistema de segurança do estabelecimento, Albertino confirmou sua participação e após a prisão dos executores pela Polícia Militar, estes também delataram Albertino como autor intelectual do roubo.

Jornal Midiamax