Polícia

Veterinário encontra arara-canindé morta a tiro em quintal de casa

Responsável pode cumprir até um ano de detenção

Midiamax Publicado em 05/08/2016, às 11h12

None
arara-caninde.png

Responsável pode cumprir até um ano de detenção

Um médico-veterinário encontrou uma arara-canindé morta a tiro de chumbinho no quintal da casa onde mora em Três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande. 

Conforme o site local Hoje Mais, o fato foi relatado na última terça-feira (2), no Facebook.

"Esta Arara-canindé caiu hoje, por volta das 7 horas, em nosso quintal com um tiro de chumbinho em seu tórax. Pessoas se sentem incomodadas, simplesmente porque elas invadem o seu espaço a procura de alimento e ao invés de ajudar o pobre animal, preferem tirar sua vida", publicou o veterinário.

O médico-veterinário teria dito ainda que o caso será investigado. "Eu como Médico Veterinário, entendo que este animal foi alvejado poucos metros do local, mas estou abrindo investigação e com certeza vou descobrir quem fez esta maldade e que, por sinal vai, pagar caro", frisou.

Segundo a assessoria de comunicação da PMA (Polícia Militar Ambiental) araras estão na lista do Cites (Comércio Internacional de Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção). O responsável pode ser multado em R$ 5 mil, por animal morto, além de pena de seis meses a um ano de detenção.

Jornal Midiamax