Polícia

Quadrilha que usava fita adesiva é presa antes de atravessar fronteira

Eles prenderam casal com fita adesiva em banheiro

Renata Portela Publicado em 28/02/2016, às 15h01

None
presos_-_arlindo_florentino.jpeg

Eles prenderam casal com fita adesiva em banheiro

Na manhã deste domingo (28), quatro rapazes foram presos em flagrante pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) após manterem um casal refém durante a madrugada para roubarem um carro e um caminhão. A quadrilha já era investigada pela Polícia Civil e pessoas de dentro do presídio podem estar ligadas aos roubos.

De acordo com o delegado Cleverson Alves dos Santos, do SIG, a quadrilha já era monitorada e, quando os investigadores foram informados do roubo na madrugada deste domingo, sabiam que se tratava dos mesmos bandidos, por conta da forma de agir e da região onde ocorreu o assalto. Segundo a polícia, os suspeitos já haviam sido identificados e, então, equipes iniciaram buscas.

Também conforme o delegado Cleverson, os investigadores localizaram o caminhão Volkswagen 8.120 Euro3 2006, branco, placas ANS-9806, e o Classic cinza, placas HTQ-5416 de Campo Grande (MS). Os veículos estavam estacionados na região da Moreninha, perto do pátio de uma transportadora, na intenção de despistar a polícia.

Os civis aguardaram e, algum tempo depois, Lucas Borges Dantas, de 21 anos, e Leandro Oliveira, de 25 anos, chegaram ao local. Em seguida, Vinicius Vitor Silva Martins, de 19 anos, e Alex dos Santos Guedes, de 20 anos, encontraram com os outros dois suspeitos. Os quatro foram abordados pelos investigadores e confessaram o crime.

A quadrilha revelou que os veículos seriam levados para o Paraguai, onde seriam trocados por droga. Segundo o delegado Cleverson, na casa de Alex foram encontrados o revólver calibre 38, usado no crime, os objetos roubados das vítimas e aproximadamente 1 quilo de maconha. Os quatro envolvidos foram presos em flagrante e responderão por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, formação de quadrilha e roubo majorado pelo concurso de pessoas.

Os quatro presos já tinham passagens por tráfico de drogas e roubo e a Polícia Civil ainda investiga envolvimento de pessoas de dentro do presídio no assalto.

Roubo

Por volta das 2 horas deste domingo, homem de 58 anos e a esposa foram rendidos por três assaltantes encapuzados, um armado. As vítimas estavam em casa, na Rua Anhumas, Vila Piratininga, quando os bandidos invadiram a residência e amarraram o casal no banheiro, com fita adesiva.

Segundo o delegado Cleverson, os bandidos já acompanhavam as vítimas e, na noite de sábado (27), seguiram o casal após as vítimas saírem da igreja e irem para casa. A ação teria durado aproximadamente 1h30 e, conforme a polícia, um dos suspeitos aguardava do lado de fora da residência, para monitorar qualquer movimentação na rua.

Os quatro bandidos fugiram do local nos veículos das vítimas, o caminhão e o Classic, e ainda levaram celular, documentos, televisão e um tablet.

Jornal Midiamax