Polícia

Quadrilha que enviava remessas de maconha para a Capital é presa em Dourados

Com o grupo foram apreendidos tabletes de maconha e R$7,3 mil 

Midiamax Publicado em 06/05/2016, às 20h44

None
6dcc67bb-5b22-4609-baf4-3a06a54ba959.jpg

Com o grupo foram apreendidos tabletes de maconha e R$7,3 mil 

Equipes da Polícia Civil de Campo Grande prenderam nesta quinta-feira (5) o grupo responsável por enviar drogas de Dourados para serem comercializadas em Campo Grande. A quadrilha foi descoberta depois da prisão de Mauro Dias da Silva, o “Baixinho”, de 37 anos, flagrado durante a negociação de meia tonelada de maconha.

De acordo com o boletim de ocorrência, em continuidade as investigações que resultaram na prisão do “Baixinho”, policiais da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) e da Denar (Delegacia Especializada Repressão ao Narcotráfico) foram até Dourados, a 226 quilômetros da Capital.

Na cidade, as equipes receberam informações de que o grupo responsável por enviar drogas para a Capital estaria reunido no comércio de José Sérgio Pinheiro, de 35 anos. No local, os policiais encontraram os cinco integrantes da quadrilha e vários tabletes de maconha, que depois de pesados totalizaram 201 quilos. Em vistoria, ainda foram encontrados R$ 1,7 mil.

Assim que viu os policiais, José tentou fugir, mas foi capturado. O homem ainda passou o endereço do cunhado como se fosse o seu, mas por fim confessou onde morava. Na residência, foram apreendidas mais 44 quilos de maconha, uma balança de precisão e R$ 5,3 mil.

Na casa de um segundo suspeito, identificado como Alexsandro Seabra Silva, de 31 anos, foram encontrados mais 12 quilos de maconha. Além da dupla, foram detidos: Renaldo Caldas Marcelino, de 30 anos, André Willian Pinheiro Dantas, de 26 anos, e Andrey Weslei Pinheiro Dantas, de 22 anos.

O grupo foi preso em flagrante e deverá responder por tráfico de drogas, associação para o tráfico.

Jornal Midiamax