Polícia

Polícia vai usar imagens para investigar agressão durante briga no trânsito

Ele teve diversas escoriações

Alan Diógenes Publicado em 14/03/2016, às 18h49

None
1234233_10207432557725289_2366044190931382401_n.jpg

Ele teve diversas escoriações

Um homem de 42 anos, arrastado por 100 metros pelo motorista de um veículo que colidiu com sua camionete registrou um boletim de ocorrência por tentativa de homicídio, na tarde desta segunda-feira (14). A polícia solicitou as imagens de um radar, onde o autor passou a 90 quilômetros por hora com a vítima dependurada, para identificá-lo através da placa do carro.

O caso aconteceu com o representante comercial Décio Azevedo Nascimento, no último sábado (12) às 23h. Ele falou que seguia pela Avenida Via Park sentido centro/bairro quando um Honda Civic, cor prata, colidiu na lateral de sua camionete. Após a colisão, o motorista do carro fugiu.

Décio começou a segui-lo e em certo momento jogou a camionete em frente ao veículo obrigando o motorista a parar. “Ele não queria parar no começo, mas consegui tirar a chave do contato do carro. Ele aparentava estar bêbado ou drogado e meu medo é de que ele causasse mais acidentes”, explicou.

Foi aí que o motorista do Honda Civic arrancou arrastando Décio por 100 metros. Depois, Décio foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel à Urgência) e encaminhado para a Santa Casa da Capital. Ele teve um corte na cabeça e diversas escoriações.

Décio deixou a Santa Casa às 8h de ontem (13) e toma medicamento para evitar dor. Sua esposa foi pegar o prontuário do hospital para que ele possa ir ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) fazer o exame de corpo de delito. 

Jornal Midiamax