Polícia

Polícia prende autor de atropelamento de casal

As investigações apontam tentativa de femicídio

Wendy Tonhati Publicado em 04/08/2016, às 22h02

None
img-20160801-wa0000.jpg

As investigações apontam tentativa de femicídio

O autor do atropelamento do casal no último domingo (31) em Campo Grande, que causou a morte de um jovem de 25 anos, foi preso pela polícia civil. As investigações apontam que Max Willian Romana dos Santos, 24, não aceitava o término do relacionamento com uma jovem de 23, o que indica tentativa de homicídio e feminicídio – quando a morte é em razão de gênero-, de acordo com a polícia. 

Ele será apresentado na Deam (Delegacia especializada no atendimento à mulher) na sexta-feira (5) às 10h.

De acordo com informações policiais, o autor do crime teria usado um veículo que estava em uma oficina em que trabalharia, e saiu à procura da ex-namorada e do atual namorado dela. O veículo seria do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e estava na oficina autorizada para conserto.

Testemunhas reconheceram Max como autor do atropelamento. Por volta das 18h40 do dia 31 ele estaria à procura do casal pelo bairro e ao encontrá-los em uma motocicleta que estava parada em uma rua do bairro, atropelou o casal.

A motocicleta foi arrastada por 16 metros, e o jovem de 25 anos morreu. A ex-namorada foi socorrida e levada para a Santa Casa da Capital. 

Jornal Midiamax