Polícia

Polícia identifica suspeitos de matar travesti campo-grandense no Paraná

Autores estão foragidos

Thatiana Melo Publicado em 09/08/2016, às 11h49

None
travesti_assassinada_2.jpg

Autores estão foragidos

Os acusados de assassinarem a travesti campo-grandense Thiemy Oliveira, de 24 anos, na madrugada desta segunda-feira (8) foram identificados pela polícia da cidade de Maringá, no Paraná.

O investigador Everaldo Fernandes, da Delegacia de Furtos e Roubos de Maringá afirmou ao Jornal Midiamax, que os suspeitos pela morte de Thiemy já foram identificados, “São três os suspeitos, sendo que um deles tem envolvimento com o tráfico de drogas. O mandado de prisão já foi expedido e agora estamos à procura dos três”, falou Everaldo Fernandes.

Ainda de acordo com o investigador, os autores estavam em um veículo Chevrolet Monza quando abordaram um trabalhador que foi morto depois dos acusados roubarem a carteira dele. Em seguida a travesti também foi morta pelos acusados na madrugada de segunda-feira (8).

Os nomes dos suspeitos não foram divulgados para não atrapalharem as investigações, mas o investigador disse que eles têm idades entre 25 e 30 anos. “Em pouco tempo devemos efetuar a prisão deles”, finalizou.

O crime

Thiemy Oliveira, de 24 anos, foi esfaqueada na região no abdômen na madrugada desta segunda-feira (8), em Maringá, no Paraná. Por causa da profundidade do corte, as vísceras da transexual ficaram à mostra. Acionado, a equipe do Corpo de Bombeiros chegou a fazer os primeiros socorros, porém, Thiemy não resistiu e morreu dentro da ambulância.

A ocorrência foi registrada 15 minutos depois de um homem também ser esfaqueado na mesma região onde o crime aconteceu. De acordo com informações da Polícia Militar, a jovem teria sido ferida durante uma tentativa de assalto.

No Facebook de Thiemy, diversos amigos fizeram publicações lamentando a morte da transexual.  “Que tristeza acordar e receber uma notícia desta. Sempre alegre, divertida, levo boas memórias de convivência contigo, vai deixar saudades”, desabafa um jovem. 

Jornal Midiamax