Polícia

PMA autua usina em R$ 600 mil por incêndio em lavoura cana sem autorização

A empresa ateou o fogo

Diego Alves Publicado em 02/08/2016, às 01h10

None
593b344b-57b6-45d4-bddd-61c8fe60b8e4.jpg

A empresa ateou o fogo

A PMA (Policia Militar Ambiental) de Dourados recebeu denúncias de que teria ocorrido incêndio em uma área plantada de cana-de-açúcar no município de Nova Alvorada do Sul e que a empresa proprietária havia ateado o fogo.

Os policiais foram nesta segunda-feira (1) ao local onde teria ocorrido o incêndio e durante a vistoria perceberam a área de queima da cana efetuada pela empresa e o produto agrícola, objeto da queima, já estava sendo colhido de forma mecanizada.

A área medida com GPS perfez 600 hectares. A empresa proprietária da cana-de-açúcar não possuía autorização do órgão ambiental para realizar o processo de queima. Diante disso, a infratora, com domicílio jurídico no município de Nova Alvorada do Sul, foi autuada administrativamente e multada em R$ 600 mil.

Jornal Midiamax