Polícia

PMA autua fazendeira em R$ 2,5 mil por armazenamento ilegal de combustível

Para abastecer o maquinário

Diego Alves Publicado em 25/10/2016, às 02h30

None
unnamed_1.jpg

Para abastecer o maquinário

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Naviraí autuou uma proprietária rural em Iguatemi neste domingo (23). De acordo com a PMA, a infratora fazendeira tinha um tanque como posto de abastecimento a céu aberto, onde estavam mil litros de óleo diesel utilizados para abastecer o maquinário da fazenda sem autorização ambiental.

Além da irregularidade, ainda de acordo com a polícia, o local onde estava o tanque não possuía cobertura e nem piso de contenção preventivo a vazamentos e já havia manchas do combustível no solo. Foram apreendidos mil litros de diesel armazenados ilegalmente. A proprietária foi notificada a remover o solo contaminado e a retirar o tanque do local.

A fazendeira, residente em Iguatemi, poderá responder por crime ambiental de armazenamento de produto perigoso sem autorização, que prevê pena de um a quatro anos de reclusão. Ela também foi autuada administrativamente e multada em R$ 2,5 mil.

Jornal Midiamax