Polícia

Pai acusado de abusar da filha por cinco anos está foragido

Ela foi atendida na Casa da Mulher Brasileira

Midiamax Publicado em 07/08/2016, às 17h43

None
frp_casa-da-mulher-brasileira_05292015006_1.jpg

Ela foi atendida na Casa da Mulher Brasileira

Uma adolescente de 14 anos, que acusa o pai de abusá-la sexualmente desde os 10, conseguiu denunciá-lo ontem (6) na Deam (Delegacia especializada no atendimento a mulher) da CMB (Casa da Mulher Brasileira). A menina, agora, vive com a irmã de 23, que a acompanhou para registrar a denúncia.

O boletim de ocorrência afirma que “os abusos ocorriam quase diariamente, que ele, o pai abusador, aproveitava-se que a mãe saía para trabalhar e os dois irmãos saíam para a escola para entrar no quarto e cometer os abusos”.

Em fevereiro deste ano, a menina, cansada dos abusos tentou pôr fim à situação, e teria saído de casa para morar com uma tia. Mas, segundo um familiar, quando voltou para visitar os irmãos menores, a mãe a teria obrigado a permanecer na residência. O boletim também afirma que a mãe sabia dos abusos.

A menina também tem três irmãs, e uma delas teria separado-se do marido e ido morar com a família. Na quinta-feira (4), a irmã mais velha teria presenciado o homem abusar da adolescente. Ela teria saído da casa por um momento e ao voltar para casa, flagrou o padrasto.

Histórico de abusos

Um ex-cunhado da adolescente afirma que o pai abusou da menina – que fará 15 anos em outubro -, durante cinco anos, e também das outras três irmãs dela que não são filhas biológicas do homem.

O homem conta que sua ex-esposa é uma das vítimas, e que há alguns anos o pai suspeito de cometer abusos teria ficado preso por cinco dias, mas pela ausência de provas, não foi denunciado.

Ainda de acordo com o familiar, ele está foragido e tenta vender a própria casa “por um preço baixo”, o que indica, de acordo com o ex-cunhado da vítima, tentativa de fugir da cidade. A Deam expediu a prisão do acusado pelos crimes de estupro, estupro de vulnerável e ameaça de violência doméstica. 

Jornal Midiamax