Polícia

Mulher tem arma apontada para cabeça, não entrega celular e bandido faz disparo

Vítima achou que revólver era de brinquedo

Thatiana Melo Publicado em 04/08/2016, às 14h49

None
arma4.jpg

Vítima achou que revólver era de brinquedo

Durante um assalto na manhã desta quarta-feira (3), uma mulher passou por momentos de tensão ao ter um revólver apontado para a sua cabeça, por um bandido em uma bicicleta na Avenida Manoel da Costa Lima, em Campo Grande.

De acordo com informações do boletim de ocorrência registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Piratininga, a mulher transitava pela Avenida Manoel da Costa Lima, por volta das 6h30 quando foi abordada pelo bandido, que apontou a arma para a sua cabeça.

A vítima se recusou a entregar o celular pensando que a arma fosse de brinquedo, momento em que o autor fez um disparo para o alto. O bandido pegou o celular e a bolsa da vítima e ao procurar por dinheiro e não achar afirmou que mataria a mulher, “Vou te matar por não ter dinheiro”.

Em seguida o bandido fugiu correndo. A vítima disse que o bandido era magro, alto, negro e tinha cabelo tipo ‘cachopa’ e aproximadamente 1,65 de altura. O caso foi registrado como roubo majorado pelo emprego de arma.

Jornal Midiamax