Polícia

Mulher não aceita reatar casamento, ex tenta atropelá-la e afirma que vai matá-la

Vítima não teve ferimentos

Thatiana Melo Publicado em 08/08/2016, às 12h53

None
policia_ilustrativa-gw6.jpg

Vítima não teve ferimentos

Depois de se separar de seu marido, de 45 anos uma mulher, de 44 anos passou a ser perseguida e ameaçada de morte pelo ex que não aceita a separação. A mulher procurou a delegacia de polícia da cidade de Taquarussu, distante 325 quilômetros de Campo Grande para registrar um boletim de ocorrência.

De acordo com a vítima no sábado, o ex-marido teria ligado para ela afirmando que caso não reatasse o casamento cometeria suicídio. Uma hora após a ligação, o autor teria ido até a fazenda onde a mulher estava e exigido que saísse da residência para conversar com ele.

Ao sair, a mulher afirmou que não voltaria com ele momento em que o homem tentou atropelá-la e disse que a morte dela, da irmã e da mãe já estava comprada e que depois de matar todos cometeria suicídio.

O autor fugiu e a vítima manifestou desejo de representar contra o ex-marido. Caso foi registrado como ameaça.

Jornal Midiamax

☰ Últimas Notícias