Polícia

Mulher é esfaqueada e mantida trancada em quarto por marido embriagado

A polícia precisou negociar com o suspeito

Midiamax Publicado em 10/09/2016, às 10h07

None
_mg_0101.jpg

A polícia precisou negociar com o suspeito

Uma mulher de 53 anos ficou em estado grave depois de ser esfaqueado pelo marido em Corumbá, a 426 quilômetros de Campo Grande. Depois de cometer o crime, o suspeito, de 67 anos, ainda manteve a vítima trancada dentro de casa para que ela não fosse socorrida e só liberou a entrada da equipe médica depois que policiais militares chegaram ao local.

Familiares da vítima contaram à polícia que por volta da meia-noite de sexta-feira (9) ouviram uma briga entre o casal e que no fim da discussão o suspeito com uma faca ameaçou o mulher, afirmando que a mataria. Neste momento ele teria golpeado a vítima na região do abdômen e em seguida a levado para dentro de casa.

Com a mulher dentro da residência, Elpidio Espindola trancou a porta com uma corrente para impedir que ela fosse socorrida. A família da vítima acionou a Polícia Militar, que no local percebeu que o autor também estava embriagado. Em uma primeira tentativa de liberar a vítima, que perdia muito sangue, o suspeito negou.

Só depois que renegociar com o idoso, os militares que ele abrisse a porta. A vítima foi encontrada em uma cama, gravemente ferida e foi levada para o hospital com uma distensão de abdômen, segundo boletim de ocorrência, ela precisará passar por cirurgia.

Já Elpidio foi preso em flagrante por homicídio simples na forma tentada (violência domestica) e feminicídio, violência doméstica e familiar, na forma tentada. A faca usada por ele foi encontrada escondida de baixo da cama e foi apreendida. O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá.

Jornal Midiamax