Polícia

Motorista foge após matar pedestre atropelado e é preso três dias depois

Estaria embriagado

Renata Portela Publicado em 14/09/2016, às 15h11

None
camionete.jpg

Estaria embriagado

Jarbas Benatti, de 30 anos, foi preso três dias após atropelar e matar Paulo Jorge Bispo Aleixo, de 40 anos em Maracaju, cidade a 162 quilômetros de Campo Grande. Ele fugiu após o atropelamento e declarou à polícia que a vítima entrou repentinamente na frente da camionete.

Segundo informações da Polícia Civil, o caso aconteceu no último dia 11, domingo, às 21h50 na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca. Jarbas conduzia uma camionete Ranger preta, placas QAD-0900 e voltava para casa quando atropelou a vítima. Ele não prestou socorro e fugiu do local.

Policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) concluíram que Jarbas ingeriu grande quantidade de bebida alcoólica em uma lanchonete no centro da cidade e, quando voltava para casa, provocou o atropelamento. A camionete foi encontrada na casa do suspeito, com vários danos na lateral.

O veículo foi apreendido e o motorista preso por homicídio culposo, quando não há intenção, na direção de veículo automotor, além de omissão de socorro. Em depoimento, ele chegou a dizer para a polícia que Paulo Jorge entrou repentinamente na frente da camionete, mas não soube explicar o motivo pelo qual não parou para ajudar.

O pedestre ainda chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

Jornal Midiamax