Polícia

Mesmo com medida protetiva, mulher é agredida a socos pelo ex na Afonso Pena

Caso ocorreu na Praça do Rádio Clube

Diego Alves Publicado em 20/10/2016, às 22h42

None
cabeleireira.jpg

Caso ocorreu na Praça do Rádio Clube

Após dois boletins de ocorrência e uma medida protetiva, uma mulher, de 34 anos, foi agredida pelo ex-marido no final da tarde desta quinta-feira (20) no ponto de ônibus da Praça do Rádio Clube na Avenida Afonso Pena, Centro de Campo Grande.

A vítima relata que foi casada há 15 anos com o autor e há 10 meses estão separados. Neste período em que não estão mais casados, a cabeleireira conta que é a segunda vez que foi agredida.

A mulher relata que o ex-marido, que é taxista, foi até a escola Joaquim Murtinho pegar a filha, de 14 anos, após a aula. Por causa dos desentendimentos entre o pai e a mão, inclusive com as agressões, a jovem recusou-se de ir com o pai, e seguiu em direção ao ponto de ônibus onde estava a mãe.

Ele então seguiu a jovem e ao ver a ex, a agrediu com dois socos no rosto. Um estudante que estava no ponto interviu e não deixou que o taxista continuasse com as agressões. De acordo com a vítima, o autor saiu do local e retornou posteriormente atrás do estudante.

“Estou indo agora lá na Casa da Mulher Brasileira, esse já é o terceiro boletim de ocorrência que eu faço. E vou fazer também porque ele disse que ia voltar amanhã (sexta-feira, 21) para pegar o menino na porta da escola”, disse.

Jornal Midiamax