Polícia

Jovem filmou agressão no baile funk e acabou apanhando de seguranças

Vítima disse que perdeu o celular durante agressões

Gerciane Alves Publicado em 07/08/2016, às 10h32

None
policia_ilustrativa-gw.jpg

Vítima disse que perdeu o celular durante agressões

Um jovem, de 22 anos, procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Piratininga na noite deste sábado (6) depois de ser espancado por seguranças em um baile funk no Bairro jardim Monte Alegre, em Campo Grande. O motivo da agressão, segundo o jovem, seria ao fato de estar filmando os seguranças agredirem outro jovem.

De acordo com o registro policial, o jovem teria pagado R$ 50 para entrar no local onde aconteceria o baile funk. Já no interior da boate localizada na Rua da Divisão, o jovem teria presenciado seguranças agredindo um jovem, que a vítima diz não conhecer, e começou a filmar com seu celular.

Um dos seguranças teria visto o jovem filmando e o agrediu primeiramente com uma coronhada em sue olho usando uma arma de fogo.

O jovem conta que foi espancado e na delegacia apresentava lesões aparentes nas costas. Durante as agressões ele conta ainda que perdeu o celular e sua carteira com documentos. 

Registros

O local onde aconteceu o ocorrência, a casa de shows no Monte Alegre, é alvo constante de reclamações de moradores, em virtude do som alto, acúmulo de pessoas com carros de som, motociclistas pilotando de forma arriscada, o que já chegou a interditar a via e impedir o trânsito no local. A Polícia Militar é costumeiramente chamada para resolver problemas no clube. 

Jornal Midiamax