Polícia

Jovem é flagrado com mais de 30 documentos falsos em bairro da Capital

Vendia cada documento falso por R$ 400

Diego Alves Publicado em 05/08/2016, às 22h30

None
depac_piratininga-policia_civil-gw_2.jpg

Vendia cada documento falso por R$ 400

A Polícia Civil apreendeu mais de 30 documentos falsos na casa de um jovem, de 23 anos, nesta sexta-feira (05) no Bairro Nova Lima em Campo Grande. De acordo com a delegada Cristiane Grossi da sexta delegacia, a polícia chegou ao autor após investigações em relação a furto de rodas. Entre os documentos havia 24 RG’s, 9 CNH’s, e 7 CRLV’S.

De acordo com a polícia, houve um furto de rodas em um estabelecimento comercial no Bairro Monte Castelo e o proprietário viu as rodas em um site de vendas. Os policiais então encontraram a pessoa que estava com as rodas que informou ter pego como forma de consignação com o rapaz de 23 anos.

Os investigadores então foram até a casa do jovem onde foram encontrados os documentos falsos, notebook, impressora e várias fotografias. O autor disse à polícia que comprava os documentos geralmente por R$ 50 de usuários de drogas e vendia cada documento falso por R$ 400.

 Com uma acetona e um polidor ele retirava, na maioria dos documentos, a foto e a assinatura e inseria uma outra foto e assinatura. A polícia também irá investigar a possibilidade do rapaz ter aplicado golpes no comércio com os documentos. Na casa também foi encontrado um documento com a foto do jovem que responderá por falsidade ideológica. Todos os documentos serão levados à Dedfaz (Delegacia Especializada em Repressão a Crimes de Defraudações e Falsificações).

Jornal Midiamax