Polícia

Integrante do Comando Vermelho é presa no Paraguai e trazida para MS

Havia contra si um mandado em aberto

Diego Alves Publicado em 02/08/2016, às 01h37

None
policia_ilustrativa-gw.jpg

Havia contra si um mandado em aberto

Uma mulher de 38 anos, foragida da Justiça, foi presa pela Policia Nacional Paraguaia em Salto Del Guaíra na tarde desta segunda-feira (01) e entregue para uma equipe da Polícia Militar de Mundo Novo, em um posto fiscal aduaneiro, situado na fronteira.  Ela havia contra si um mandado pela Vara Criminal de Araruama (RJ).

Suspeita de ser integrante da facção criminosa Comando Vermelho, ela teria em março deste ano, juntamente com dois comparsas, um dos quais seu marido, sequestrado um ex-namorado de 37 anos.

Os três teriam submetido-o a tratamento humilhante e degradante durante várias horas e em seguida, colocado a vítima em um veículo Fiat Strada, para levá-lo até outro local, onde seria assassinado.

Durante o trajeto, de acordo com a polícia, o veículo cruzou com uma viatura da Polícia Militar, momento em que o homem se jogou do carro em movimento e foi socorrido pelos policiais. O atual marido da mulher, de 38 anos, relatou que a motivação do crime seria o relacionamento com a sua esposa.

Na data, o terceiro suspeito foi preso, porém o casal conseguiu fugir levando a filha de nova anos, para o Paraguai, onde chegaram no início do mês de abril.

Jornal Midiamax