Polícia

Homem diz que degolou morador de rua porque ele o ameaçou com garrafa

Homem confessou que usou um pedaço de vidro da garrafa

Midiamax Publicado em 22/01/2016, às 21h39

None
corpo_-_gloria_de_dourados.jpg

Homem confessou que usou um pedaço de vidro da garrafa

O morador de rua encontrado degolado na Praça Castelo Branco, em Glória de Dourados, cidade distante 275 quilômetros de Campo Grande, foi reconhecido e o autor preso. Elizeu do Nascimento foi morto com um pedaço de vidro depois de ameaçar de morte Jeferson Maria dos Santos com uma garrafa.

De acordo com o boletim de ocorrência, Jeferson era um dos suspeitos por ser conhecido de Elizeu. Ele confessou o crime. Segundo ele, Elizeu estava embriagado e o ameaçou com uma garrafa. “Você cuidado se não eu te meto esta garrafa na cabeça”.

Jeferson se esquivou, momento que, segundo ele, a garrafa teria caído no chão. Jeferson ainda disse em depoimento que Elizeu teria caído no chão, e ele pegou um pedaço de vidro da garrafa que quebrou para degolar o morador de rua.

Elizeu foi encontrado por policiais com ferimento no pescoço por volta das 8h depois de uma denúncia anônima. Foram interrogadas algumas testemunhas, segundo a polícia. Jeferson tinha ido a delegacia para participar de uma audiência, e como era um dos suspeitos os policiais questionaram e o homem acabou confessando autoria.

Ele foi preso em flagrante acusado de homicídio simples e encaminhado a delegacia de polícia civil da cidade. 

Jornal Midiamax