Polícia

Grávida e irmã são agredidas por dívida de R$ 45 e pastor estaria envolvido

Vítimas foram agredidas com socos

Thatiana Melo Publicado em 04/04/2016, às 09h55

None
policia_ilustrativa-gw6.jpg

Vítimas foram agredidas com socos

Neste domingo (3), uma grávida, de 26 anos e sua irmã, de 31 anos foram agredidas por uma mulher, seu marido e um pastor por causa de uma dívida de R$ 45, no Bairro Portal Caiobá, em Campo Grande, segundo o boletim de ocorrência registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Piratininga.

Uma das vítimas afirmou que neste domingo, a vizinha a agrediu por causa de uma dívida de R$ 45. A mulher conseguiu se desvencilhar da autora, mas foi pega pelo pescoço pelo pastor da igreja que freqüenta.

A agressão só parou quando sua irmã, que está grávida, foi ajudá-la. Mas acabou levando um soco na boca do marido da autora.  As vítimas procuraram a delegacia de polícia manifestando o desejo de representar criminalmente contra os autores.

Jornal Midiamax