Polícia

Golpista se passa por amigo que teve carro quebrado e vítima perde R$ 1 mil

Filho da vítima percebeu o golpe

Alan Diógenes Publicado em 17/03/2016, às 22h03

None
estelionato_interna.jpg

Filho da vítima percebeu o golpe

Uma mulher de 47 anos caiu em um golpe aplicado por um estelionatário e perdeu R$ 1 mil ao acreditar que estaria ajudando um amigo, que estava com o carro quebrado na estrada, em Chapadão do Sul, a 337 quilômetros de Campo Grande. O autor ligou no celular da vítima e se identificou com o nome do amigo.

Conforme o boletim de ocorrência, o autor solicitou a quantia de R$ 1,3 mil falando que estava vindo para a Capital e o carro tinha quebrado, por isso precisava da quantia para consertar o veículo. A vítima disse que tem um amigo, por coincidência com o mesmo nome passado pelo golpista, que mora em Campo Grande.

Logo após a ligação, a mulher foi até o banco e fez uma transferência para a conta informada pelo golpista. Pouco mais tarde, ele ligou para confirmar se o depósito havia sido feito e pediu o horário e o nome da conta para confirmar.

Mais tarde, o autor ligou novamente e disse que os mecânicos tinham encontrado mais uma falha no carro e que precisaria de mais R$ 1 mil. Nesse momento a vítima desconfiou e ligou para o filho, que por sua vez retornou a ligação e percebeu que não era a voz do amigo da mãe.

Para confirmar que se tratava de um golpe, o filho da vítima pediu para o autor dizer o nome completo e ele desligou o telefone e não mais atendeu as ligações. A mulher foi até sua agência bancária fazer o bloqueio do depósito, mas o autor já havia sacado R$ 1 mil, restando apenas R$ 300,00 na conta.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) na delegacia de Polícia Civil de Chapadão como estelionato.

Jornal Midiamax