Polícia

Funcionário aproveita cochilo e crava faca no pescoço de patrão em assentamento

Polícia não encontrou autor do crime

Thatiana Melo Publicado em 05/04/2016, às 09h58

None
faca_1.jpg

Polícia não encontrou autor do crime

Durante a noite desta segunda-feira (4), um homem, de 49 anos, teve uma faca cravada em seu pescoço por um funcionário do assentamento onde mora, na cidade de Rio Brilhante, distante 150 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na madrugada desta terça-feira (5), por volta das 20h45 de segunda-feira, a vítima cochilou no sofá e de repente sentiu uma fisgada no pescoço, momento em que percebeu que foi atingida por uma faca no lado esquerdo do pescoço.

A vítima afirmou aos policiais que o suposto autor do crime seria um funcionário que teria contratado conhecido como índio. O autor fugiu do local e mesmo ferido o homem conseguiu ligar e pedir socorro.

A vítima foi levada para o hospital de Dourados, devido á gravidade do ferimento. A polícia não encontrou índio, que não estava mais no assentamento. O homem não soube dizer o porquê do crime. O caso foi registrado como homicídio na forma tentada.

Jornal Midiamax