Polícia

Filho de vereador seria mentor de assalto à família e roubo de Hilux

A família foi rendida no sábado (23)

Renata Portela Publicado em 27/01/2016, às 15h51

None
1002492477_149477180303.jpg

A família foi rendida no sábado (23)

Sidnei Lima da Silva, de 31 anos, o “Sacolinha”, filho do vereador “Sacolão” de Glória de Dourados, seria o mentor de um assalto ocorrido no município no sábado (23). O nome dele consta no boletim de ocorrência como autor do crime, ocorrido na cidade que fica a 275 quilômetros de Campo Grande.

Três pessoas foram presas na manhã de terça-feira (26), pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira), após venderem a Hilux roubada da família. Fábio Amaral de Lima, de 29 anos, Alessandro da Silva, de 23 anos, e Ademir Viana de Oliveira, de 36 anos, foram presos em flagrante na fronteira, com o dinheiro da venda da camionete, feita no Paraguai.

Com apoio do SIG (Setor de Investigações Gerais), foi confirmado que Alessandro esteve envolvido também no roubo da caminhonete. Já Fábio e Ademir confessaram que teriam sido contratados apenas para fazer a venda do veículo. A partir de Alessandro, a polícia chegou até outras quatro pessoas, responsáveis por cometerem o roubo.

De acordo com a Polícia Civil, conforme registrado no boletim de ocorrência, Sidnei Lima foi o mentor do roubo. Conforme apurado pelo site Vicentina Online, o homem, que é filho do vereador “Sacolão”, foi preso e confessou o crime. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil, para onde os envolvidos foram encaminhados.

O roubo

Na noite de sábado, por volta das 22h30, homem de 46 anos, mulher de 34 anos e filha, de 10 anos, foram vítimas de assalto em Glória de Dourados. Eles foram amarrados por quatro assaltantes, armados, e tiveram camionete, dinheiro e outros pertences roubados.

Segundo o casal, quatro assaltantes encapuzados invadiram o sítio onde estava a família, e amarraram pais e filha no banheiro do quarto, com fita crepe. Segundo relato do homem, de 46 anos, e da mulher, de 34 anos, os quatro bandidos estavam armados e fugiram levando R$ 5 mil do cofre da casa do sítio, um cheque no valor de R$ 850, um revólver Taurus, calibre 38, uma carabina Rossi, calibre 38, dois celulares, um videogame, um aparelho DVD e a camionete Hilux prata, placas HTG-7008 de Glória de Dourados (MS).

Jornal Midiamax