Polícia

Ex não aceita gravidez, ameaça de morte e dá socos na barriga da mulher

Vítima estaria grávida de três meses

Thatiana Melo Publicado em 21/01/2016, às 10h33

None
violencia-contra-a-mulher.jpg

Vítima estaria grávida de três meses

Uma mulher, de 29 anos, foi agredida pelo ex-companheiro, de 26 anos, em Dourados, cidade localizada a 235 quilômetros de Campo Grande, na madrugada desta quinta-feira (21), por que o ex-marido não aceita a gravidez, de três meses da mulher.

A vítima disse aos policiais que teve um relacionamento de quatro meses com o autor, e que estão separados há 20 dias. Segundo informações, no dia 1º de janeiro, a vítima foi agredida com socos na barriga já que o ex-companheiro queria que a mulher tirasse o filho que esperava.

De acordo com informações, nesta quarta-feira (20), a vítima teria pedido para o autor deixar a residência, que se negou a sair afirmando que “Não é assim que funciona as coisas, se me entregar, vou mandar uns amigos aqui para te pegar e dar um tiro na sua testa”.

Com medo das ameaças, a mulher saiu e foi até a casa de uma amiga e quando voltou o ex-marido ainda estava na residência. O autor saiu momento em que a vítima trancou a casa deixando-o para fora. Ao retornar e encontrar o portão fechado começou a fazer ameaças.

A polícia foi acionada e encontrou o autor na varanda. Foi dada voz de prisão e o homem levado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade.

Jornal Midiamax