Polícia

Estudante que atropelou e matou segurança em semáforo vai a juri hoje

Acidente ocorreu em maio de 2012

Diego Alves Publicado em 05/05/2016, às 23h43

None
images.jpg

Acidente ocorreu em maio de 2012

O estudante Richard Ildvan Gomide Lima, 24,  que atropelou e matou o segurança Davi Del Vale Antunes será julgado a partir das 8 horas desta sexta-feira (6) na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande. O atropelamento seguido de morte aconteceu na madrugada do dia 31 de maio de 2012 na Avenida Afonso Pena (sentido Centro-Parque dos Poderes) em frente ao shopping Campo Grande.

Davi saia do bar em que trabalhava e ia para casa em sua motocicleta, quando foi atropelado pelo veículo Punto dirigido por Richard. O rapaz voltava de um motel, em alta velocidade e embriagado.

Com o impacto, David foi lançado a 38 metros de distância e morreu no local. A moto foi parar a quase 60 metros do ponto de colisão. O estudante tentou fugir depois do acidente, mas foi obrigado a parar por causa de problemas mecânicos no carro. Na data, Richard foi preso em flagrante e depois de 43 meses pode ser finalmente julgado.

Para o Ministério Público, o acusado usou de recurso que dificultou a defesa da vítima, pois, ao imprimir velocidade excessiva e violar a ordem de parada emanada da sinalização semafórica, atingiu a vítima enquanto estava parada, respeitando as regras de tráfego, sem possibilidade de escapar do choque que o matou. O juiz Aluízio Pereira dos Santos pronunciou o réu nos termos da denúncia.

Jornal Midiamax