Polícia

Escuridão preocupa moradores de local onde jovem foi assassinado

Crime aconteceu nesta quarta-feira e vítima foi atingida por quatro tiros

Arlindo Florentino Publicado em 10/03/2016, às 11h55

None
_mg_6100_copy.jpg

Crime aconteceu nesta quarta-feira e vítima foi atingida por quatro tiros

“Até que o bairro é tranquilo, esporadicamente tomamos conhecimento de um caso ou outro de violência mas o que mais assusta e preocupa é a escuridão”, afirmou uma moradora do Jardim Futurista, nas proximidades onde um jovem de 19 anos foi assassinado na noite de quarta-feira (9).

Nesta quinta-feira (10) o bairro amanheceu em aparente calma com poucas pessoas caminhando pelas ruas e nas casas aparentemente os moradores haviam saído para trabalhar.

A cabeleireira de 38 anos de idade que mora nas proximidades de onde o homem caiu atingido por quatro disparos, disse que assim como a maioria dos vizinhos, procura não se envolver em polêmicas no bairro e tem poucos amigos no local.

“O bairro já foi mais agitado com mitas ocorrências policiais. Fiquei sabendo que há 15 dias uma mulher foi assassinada e com este caso desta noite foram apenas dois nestes nove anos que moro na região. Mas como minhas filhas (de 16 e 18 anos) estudam a noite, sempre fico em alerta, pois a escuridão é total”, afirmou a cabeleireira.

Nas ruas até que existem os braços de iluminação pública, mas as lâmpadas estão queimadas há muito tempo e segundo a reclamante, já foram feitas muitos pedidos à prefeitura para a troca, mas não houve resposta e a escuridão persiste.

Jornal Midiamax