Polícia

Dono de conveniência é preso com droga, arma de fogo e mais de R$ 8 mil

Contratou casal para traficar

Renata Portela Publicado em 19/12/2016, às 13h26

None
20161216_193721-672x372.jpg

Contratou casal para traficar

José Almeida da Silva, de 45 anos, Eberton da Silva Barros, de 29 anos, e Gláucia Luciano da Silva, de 26 anos, foram presos por tráfico de drogas em Maracaju, a 162 quilômetros de Campo Grande. Eles usavam a conveniência de José para traficarem drogas e arma e munições também foram apreendidas no local.

Segundo informações da Polícia Civil, equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais) cumpriu mandados de busca e apreensão e prendeu os três envolvidos em flagrante, na conveniência Vitor, localizada no Bairro Paraguai.

No local, foram encontradas 502 gramas de maconha, 439 gramas de crack e 33 gramas de cocaína. Além disso, foi apreendido um revólver Taurus calibre 38, 36 munições calibre 38, 100 munições calibre 22 e 12 munições calibre 357.

Os policiais apreenderam R$ 8.524, dinheiro que seria proveniente do tráfico. José, proprietário da conveniência, disse que contratou Eberton e Gláucia para praticarem a venda de drogas. O casal era responsável por aliciar os usuários, enquanto José armazenava o entorpecente no comércio.

Nos fundos do estabelecimento funcionava uma casa de jogos de azar, com três máquinas caça-niqueis. Os três envolvidos foram presos por tráfico, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo e jogo de azar.

Jornal Midiamax