Polícia

Disputa por bola termina em tentativa de homicídio em escola na Capital

Jovem tentou esfaquear colega

Midiamax Publicado em 03/08/2016, às 15h22

None
_mg_5361.jpg

Jovem tentou esfaquear colega

Uma partida de futsal terminou com o registro de tentativa de homicídio na Escola Estadual Riachuelo, localizada na Rua 11 de outubro, no Bairro Cabreúva, na região central de Campo Grande. Conforme relatos, na manhã dessa terça-feira (2), um adolescente, de 17 anos, tentou esfaquear o outro, de 16, durante o jogo.

Segundo as informações, os jovens estavam jogando futsal quando se desentenderam. Um dos rapazes pegou uma faca e correu atrás do outro que conseguiu se defender usando uma mesa e pedindo ajuda na secretaria da escola.

"A gente estava jogando e eu tirei a bola dele. Ele disse que iria me bater, foi até a mochila e pegou uma faca. Ele saiu correndo atrás de mim. Tive de usar uma carteira para me defender e pedir ajuda na secretaria", relata o adolescente de 16 anos.

Paula Fernanda de Araújo dos Santos, de 35 anos, mãe do menor, reclama da insegurança no ambiente escolar. "Não tem segurança nenhuma. Não colocam nenhum guarda, ninguém para proteger. Estou com medo de deixar meu filho na escola. Não sei o que o outro aluno pode fazer. Tenho medo de que ele tente matar meu filho", afirma.

Conforme os relatos, depois da confusão os dois jovens foram para a secretaria. O suspeito teria dito que não queria atingir o outro, no entanto, a família não acredita no jovem. "Se ele não queria matar meu filho porque saiu correndo atrás dele com uma faca? Eu não acredito nisso, não sei o que ele queria fazer", declara.

A mãe do menor diz que uma reunião foi marcada entre ela e uma responsável pelo jovem de 17 anos. Na manhã desta quarta-feira (3), ela registrou o caso que será encaminhado para a Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude). 

Um email foi encaminhado para a SED (Secretaria de Estado de Educação) para saber as providências adotadas pela escola, mas até o fechamento deste texto, não houve resposta. 

Jornal Midiamax