Polícia

Dez anos depois de matar credor, mulher é presa na Capital

Ela devia R$ 12 mil 

Midiamax Publicado em 13/09/2016, às 22h08

None
_mg_0103.jpg

Ela devia R$ 12 mil 

Marines Ribas de Brito, de 46 anos, foi preso nesta terça-feira (13) mais de dez anos depois de matar Antônio Prestes Ribas. A mulher estava foragida desde sua condenação em 12 anos de reclusão, no regime fechado, por homicídio doloso, quando há intensão de matar.

De acordo com a Polícia Civil, a suspeita foi localizada em Campo Grande por policiais da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios). O crime aconteceu no dia 29 de julho de 2006, por conta das insistentes cobranças da vítima a autora. Marines devia cerca de R$ 12 mil para Antônio.

Depois de julgada, ela foi condenada a 12 anos e 10 meses de reclusão em regime fechado por homicídio doloso na 1ª Vara do Tribunal do Júri. O pedido de prisão então foi expedido e cumprido nesta terça-feira.

Marines se encontra presa no Presidio Feminino a disposição da justiça.

Jornal Midiamax