Polícia

Depois de encontrar gatos mortos em condomínio, moradora procura polícia

A suspeita é de envenenamento 

Midiamax Publicado em 21/11/2016, às 19h55

None
_mg_0092.jpg

A suspeita é de envenenamento 

A moradora de um condomínio localizado no Bairro Coronel Antonino procurou a polícia depois de ter a gata envenenada e encontrar outros dois animais mortos com os mesmos sintomas. Perto dos locais em que os gatinhos foram encontrados, a mulher ainda achou pedaços de carne jogados em uma calçada, que foram apreendidos.

O caso foi registrado depois que três gatos do residencial apareceram mortos. O primeiro gato foi encontrado já morto por um funcionário do residencial. Para a moradora, o homem contou que o gatinho estava atrás de um dos blocos e que aparentemente tinha sido envenenado.

No dia 14 de novembro, o segundo animal foi encontrado pela própria moradora. Ela voltou a chamar o funcionário, mas eles não conseguiram salvar o animal, que apesentavam os mesmo sintomas. Na noite do mesmo dia, uma das duas gatas da mulher apareceu vomitando e por isso foi levada para o veterinário. O animal passou a noite internado, mas não resistiu.

Para a dona, o veterinário revelou que os sintomas indicavam envenenamento. Diante do suspeita, a mulher percorreu os locais próximos de onde os gatos foram encontrados e achou três pedaços de carne jogados me uma calçada. Ela então recolheu o alimento e procurou a polícia.

O caso foi registrado na Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista) e agora é investigado pela Polícia Civil como praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, se ocorrer morte do animal. 

Jornal Midiamax