Polícia

Denar prende fornecedor de drogas da Nhanhá com Operação ‘WhatsApp 01’

Operação em Campo Grande

Diego Alves Publicado em 21/11/2016, às 23h55

None
i.jpg

Operação em Campo Grande

A Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) efetuou prisões, apreendeu drogas e dinheiro durante a Operação Whatsapp 01, iniciada com averiguações de denúncias em Campo Grande.

Na última quarta-feira (16), os policiais apreenderam drogas, dinheiro e prenderam Elpídio da Silva Santos. Segundo a polícia, ele seria fornecedor de drogas na região do Bairro Nhanhá. Ainda segundo a polícia, a suspeita era a de que Elpídio estaria indo ao bairro em um Honda Civic preto.

Os investigadores monitoram a casa que seria utilizada para armazenar o entorpecente. Ao chegar ao local, o traficante foi abordado e, dentro seu veículo foi encontrado uma sacola plástica com dinheiro. Na residência, os policiais civis apreenderam mais porções de drogas, dinheiro e um revólver calibre 22.

Já na quinta-feira (17), ainda durante a operação, foram presos um casal identificado como Lucas Rulfino da Silva, Dayana Cristina da Silva Gaberlino e uma terceira pessoa identificada como Edimir de Freitas Bruno. No local estaria sendo feito uma entrega de drogas.

Ao chegarem a casa, um apartamento localizado no Jardim Botafogo, os investigadores sentiram um forte odor de maconha sendo consumida. Ao baterem na porta, foram atendidos por Dayane. Os três foram presos e outro autor identificado como José Vicente da Silva Neto conseguiu fugir ao pular a janela do apartamento localizado no primeiro andar. Ao fugir, José esqueceu seus documentos no local. Ao todo foram apreendidos mais de 23 quilos de maconha, dinheiro e aparelhos eletrônicos.

Jornal Midiamax