Polícia

Correios veem ligação entre ações de bandidos em agências de MS

Até agora ninguém foi preso

Gerciane Alves Publicado em 22/06/2016, às 22h54

None
correios.jpg

Até agora ninguém foi preso

Somente este ano as agências dos Correios de Mato Grosso do Sul foram alvos de ações de bandidos seis vezes. Foram dois arrombamentos em Campo Grande e um em Ponta Porã além dos roubos nas cidades de Terenos, Ribas do Rio Pardo, Miranda e Sidrolândia. De acordo com a assessoria de comunicação dos Correios foi constatado ligações entre algumas das ações.

No caso de Ribas do Rio Pardo, município localizado a 97 quilômetros da Capital, três homens armados renderam funcionários e clientes no dia 31 de março e fugiu em um Voyage branco que pertencia ao gerente do local levando cerca de R$ 100 mil.

A ação mais recente aconteceu nesta segunda-feira (20) onde para entrar em uma agência dos Correios, localizada na Rua Ceará, na Capital, os bandidos fizeram um buraco na parede e fugiram levando dinheiro do cofre e até as câmeras de segurança. Foram levados aproximadamente R$ 10 mil.

Segundo o gerente de Segurança Empresarial, Márcio Nei Moreira nas quatro ocorrências de roubo verificadas neste ano no Estado, o modus operandi dos bandidos foi o mesmo e, inclusive houve reconhecimento de alguns deles por testemunhas de outras localidades que também sofreram a ação.

Os Correios e a Polícia Federal assinaram acordo de cooperação técnica para a implantação de ações integradas para prevenção e repressão de roubos a agências em todo Brasil. A PF tem realizado diversas operações com o objetivo de localizar a quadrilhas responsáveis pelos assaltos, mas até agora ninguém foi preso.

Jornal Midiamax