Polícia

Corpo de adolescente de 16 anos é encontrado próximo a aeroporto em MS

Corpo foi encontrado às margens da MS-134

Gerciane Alves Publicado em 26/01/2016, às 18h15

None
murilo.jpg

Corpo foi encontrado às margens da MS-134

A polícia encontrou no início da tarde desta terça-feira (26) o corpo de um adolescente de 16 anos em uma vegetação ao lado da pista do Aeroporto Municipal em Nova Andradina, cidade a 297 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com informação do site Jornal da Nova, o corpo de Murilo Rodrigues Esteves foi encontrado pela SIG (Seção de Investigações Gerais) da Policia Civil de Nova Andradina depois que familiares receberam uma ligação anônima informando que o adolescente havia sido morto.

O corpo foi localizado pela polícia na vegetação ao lado da pista do Aeroporto Municipal, às margens da rodovia MS-134, rodovia que liga Nova Andradina a Nova Casa Verde. Segundo informações da polícia a vítima foi atingida por três disparos de arma de fogo: um na cabeça, um no peito e outro nas costas.

A polícia acredita que o jovem pode ter recebido o primeiro tiro quando estava na rodovia e corrido para a vegetação, onde recebeu mais disparos. Foram encontrados alguns pertences da vítima e sangue no local. Além da SIG, uma equipe da Força Tática da Polícia Militar e o Núcleo de Perícias estiveram no local. Após os trabalhos, o corpo do adolescente foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Local).

O motivo do crime ainda está sendo investigado, mas segundo a polícia o adolescente já havia se envolvido em vários crimes como furtos de carros e motocicletas. O último aconteceu no sábado (23) , quando uma moto foi furtada por volta das 15h, na Rua Melvin Jones, no bairro Centro Educacional e na fuga o ladrão deu “tchauzinho” para a vítima.

Equipes da Polícia Militar por meio de Rádio Patrulha e Força Tática, prenderam um suspeito e recuperaram a moto, mas ao chegaram na casa de Murilo, ele havia fugido pulando muros das residências vizinhas. A ocorrência foi encaminha a Delegacia de Polícia Civil, que já apurava outros casos envolvendo o adolescente.

Jornal Midiamax