Polícia

Conhecido usa arma de brinquedo para ameaçar e estupra mulher

Ele foi preso em flagrante na cama da vítima

Renata Portela Publicado em 02/04/2016, às 19h04

None
474_-_gw.jpg

Ele foi preso em flagrante na cama da vítima

Na noite de sexta-feira (1º), homem de 31 anos foi preso em flagrante em Ponta Porã, cidade a 346 quilômetros de Campo Grande, pelo crime de estupro. Ele foi detido ainda na cama da vítima, de 50 anos, após ameaçá-la com uma arma de fogo e cometer o crime.

De acordo com a Polícia Civil, o homem chegou na casa da vítima por volta das 20 horas em visível estado de embriaguez. Por conhecer o suspeito, a mulher deixou que ele entrasse na residência, onde também estava outra mulher, de 30 anos. O homem seguiu consumindo bebidas alcoólicas e, segundo o site Porã News, 'atacou' a mulher de 50 anos que já estava deitada na cama, descansando.

Conforme relato da vítima para a polícia, o agressor saltou sobre ela na cama, a segurou e passou a mão nas partes íntimas da mulher. Ele ainda disse que mataria ela e a outra conhecida e obrigou a vítima de 50 anos a fazer sexo oral, a ameaçando com uma arma de fogo. O homem ainda consumou o ato do estupro, mas a mulher de 30 anos conseguiu fugir e chamar a polícia.

A testemunha informou o ocorrido aos policiais do Setor de Investigações e Apoio Tático Operacional, coordenados pelo delegado Patrick Linares da 2ª Delegacia de Polícia Civil e uma equipe de investigadores encontrou o suspeito ainda deitado na cama com a vítima, na casa. Ele recebeu voz de prisão e foi levado para a delegacia, onde foi indiciado por estupro.

Com o homem ainda foi apreendido um simulacro de pistola, arma de brinquedo. Após o ocorrido, o irmão do preso, de 51 anos, também foi detido ao ameaçar e desacatar os policiais na delegacia. Conforme o boletim de ocorrência, ele estaria embriagado e dizia que só sairia da delegacia sem o irmão.

O irmão mais velho ainda ameaçou os policiais, os desacatando com palavras de baixo calão. Ele acabou detido.

Jornal Midiamax