Polícia

Clientes bebem, não pagam e atiram em dono de bar ao serem cobrados

Vítima sofreu ferimento na perna

Renata Portela Publicado em 25/01/2016, às 11h48

None
depac_piratininga-gw_1.jpg

Vítima sofreu ferimento na perna

Na madrugada desta segunda-feira (25), por volta das 4 horas, homem de 32 anos foi ferido a tiro após cobrar um cliente de um bar e conveniência que é dono, localizada na Rua Presidente Tancredo Neves, no Aero Rancho, região sul da Capital. Ele teria cobrado o suspeito, que não quis pagar a conta, atirou na vítima e fugiu.

Segundo informações do boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, equipes da Polícia Militar foram acionadas para irem até a conveniência da vítima, onde havia ocorrido disparo de arma de fogo. No local, os militares, do Pelotão Aero Rancho, encontraram o homem de 32 anos, com um ferimento na perna direita, provocada pelo tiro.

De acordo com depoimento do proprietário, um cliente branco e mestiço consumiu bebidas alcoólicas na conveniência e, ao final da noite, quando foi solicitado que ele pagasse o que havia consumido, ele teria se alterado, dizendo que não pagaria por nada. Ainda segundo relato da vítima, o suspeito sacou uma arma de fogo, que estava na cintura da mulher que o acompanhava, uma “mulata com cabelos negros”, como ele revela.

Consta no registro policial que, em posse da arma, o suspeito atirou na perna da vítima, que ainda tentou perseguir o rapaz. O autor do disparo, junto com a mulher, entrou em uma Brasília amarela, onde estavam outros dois ocupantes, e fugiu. Segundo o dono da conveniência, ele não conhece o suspeito e não conseguiu identificar a placa do veículo em que ele fugiu.

A vítima foi encaminhada ao CRS (Centro Regional de Saúde) Aero Rancho, passou por atendimento médico e o estado de saúde é considerado estável. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa, quando há intenção de ferir, e disparo de arma de fogo.

Jornal Midiamax