Polícia

Cadeirante se levanta depois de fraudar perícia e acaba presa pela PF

A mulher tentava um benefício assistencial do INSS

Midiamax Publicado em 24/06/2016, às 22h36

None
cadeirante.jpg

A mulher tentava um benefício assistencial do INSS

A Polícia Federal de Campo Grande prendeu nesta sexta-feira (24) uma mulher de 24 anos que tentava se passar por cadeirante para conseguir obter um benefício assistencial do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A autora foi flagrada andando minutos depois de sair do prédio da Agência da Previdência Social em uma cadeira de rodas.

Segundo a polícia, a prisão aconteceu depois que uma denúncia anônima, acompanhada de um vídeo mostrando a suspeita guardando a própria cadeira de rodas no porta-malas de um veículo, foi feita na Gerência da Agência da Previdência Social 26 de Agosto.

Policiais federais da Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários e servidores do Ministério da Previdência Social foram então até a Agência da Previdência Social e esperaram pela mulher, que procurou à perícia médica do INSS alegando ter uma doença incapacitante.

Assim que se aproximou do carro, a jovem começou a caminhar normalmente e foi surpreendida pelas equipes. Ela recebeu voz de prisão em flagrante e foi encaminhada para a Superintendência Regional da Polícia Federal em Campo Grande, onde foi autuada. 

Jornal Midiamax