Polícia

Bombeiro é preso portando arma ilegamente e afirma que sofre ameaças

O enteado teria sido assassinado há um mês

Renata Portela Publicado em 15/12/2016, às 11h13

None
arma_apreendida.jpeg

O enteado teria sido assassinado há um mês

Na noite de quarta-feira (14), homem de 55 anos foi preso em flagrante portando ilegalmente uma arma de fogo. Ele foi detido na Rua Ariquemes, no Guanandi II, e revelou que tem o revólver há mais de 10 anos, mas só agora começou a andar com a arma.

Segundo informações do boletim de ocorrência, os militares da Força Tática do 10º Batalhão faziam rondas pela região quando abordaram o homem. Com ele, foi encontrado o revólver Taurus, calibre .32, desmuniciado e com numeração. No bolso do homem, foram localizadas 5 munições intactas.

Ele se identificou e disse que tem a arma há mais de 10 anos para proteção pessoal e que sempre deixou o revólver guardado em casa, mas no início deste ano, como o enteado foi vítima de homicídio e os autores começaram a ameaçá-lo, ele passou a carregar o revólver. Ele ainda revelou que mudou de casa com medo das ameaças.

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, o homem seria sargento do Corpo de Bombeiros. Ele foi preso e levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, onde foi autuado por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Jornal Midiamax