Polícia

‘Boca de fumo’ dentro da Máxima tinha 500 papelotes de cocaína

Também havia maconha na cela

Diego Alves Publicado em 01/07/2016, às 02h30

None
depac_piratininga-policia_civil-gw_2.jpg

Também havia maconha na cela

Agentes penitenciários encontraram mais de 600 papelotes de drogas na manhã desta quinta-feira (30) no Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande. Em revistas em uma das celas, os agentes encontraram celulares, 46 papelotes de maconha e 537 de cocaína. Um preso de 26 anos assumiu que era o responsável pelo entorpecente.

Em outra cela, de acordo com o registro policial, foram encontrados 17 porções maconha. Essa é uma quantidade incomum para uma única apreensão em presídios.

Os agentes relataram na Depac Piratininga que drogas arremessadas de dentro das celas também foram apreendidas. Dois presos foram encaminhados à delegacia.

Jornal Midiamax