Polícia

Bar onde jovem foi assassinado com um tiro pela manhã é incendiado

Crime aconteceu pela manhã

Alan Diógenes Publicado em 12/03/2016, às 23h11

None
img-20160312-wa0021.jpg

Crime aconteceu pela manhã

O Corpo de Bombeiros foi acionado, por volta das 19h30 deste sábado (12), para combater um incêndio no Bar Café na Hora, na Avenida Manoel da Costa Lima, próximo ao Trevo Imbirussu, em Campo Grande, onde um jovem de 18 anos foi assassinado com um tiro e garrafadas nesta manhã. A suspeita é de incêndio criminoso e a Polícia Miltar foi acionada.

Mateus Lopes da Silva era morador da Vila Piratininga. Conforme a delegada Marina Lemos, responsável pelo caso, uma briga que culminou na morte do rapaz começou ao lado de fora do estabelecimento. "Foi uma briga fora do bar, chegaram quatro a cinco grupos de pessoas já brigando, e o rapaz entrou no bar e o pessoal entrou atrás quebrando tudo, foi quebradeira total", explica.

O suspeito de ter atirado em Mateus no tórax é auxiliar do bar e está sendo procurado pela polícia. Segundo informações seria um idoso de 64 anos. O proprietário do bar Cláudio Pereira da Silva, 50 anos, foi levado pela polícia para prestar depoimentos.

O avô paterno de Mateus,  Manuel Antônio da Silva, 70 anos, aposentado, com quem ele morava, afirmou que a vítima saiu com conhecidos na noite da sexta. "Não tenho muito a dizer, não conhecia os amigos deles. Fico muito sentido, era um rapaz muito novo, lamento que tenha terminado assim", declarou.

Jornal Midiamax