Polícia

Bandidos se identificam como policiais, mostram distintivos e sequestram casal

Autores levaram o carro

Thatiana Melo Publicado em 22/09/2016, às 10h16

None
_mg_0090.jpg

Autores levaram o carro

Por volta das 20 horas desta quarta-feira (21), um casal foi feito refém, na Avenida Manoel da Costa Lima, em Campo Grande por quatro homens armados com pistolas que teriam se identificado como policiais.

As vítimas afirmaram aos policiais, que estavam terminando de arrumar a loja da mulher que seria inaugurada, na Avenida Manoel da Costa Lima, quando quatro homens armados com pistolas invadiram o local se identificando como policiais.

De acordo com informações, os bandidos que estavam vestidos com camisas pretas, calças jeans e com distintivos exigiram que o casal entrasse em um carro Chevrolet Corsa de cabeça baixa e que obedecessem a todos os comandos, que seriam levados para a delegacia.

O casal entrou no carro e a todo o momento era ameaçado por dois dos homens que seguiram com eles para a Rua Lúdio Coelho, onde por cerca de 1h40 minutos ficaram dando voltas. Em seguida, os bandidos seguiram em direção à saída de Sidrolândia, onde deixaram o casal em um lugar ermo e escuro.

As vítimas caminharam até uma empresa onde pediram ajuda. O veículo do casal uma camionete Mahindra foi levada pelos autores. Um boletim de ocorrência foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Piratininga.

Um dos bandidos era branco, com aproximadamente 1,60 de altura, cabelo grisalho, barriga saliente e os outros autores o chamavam de ‘doutor’. Já o outro ladrão era magro, branco e olhos claros, o terceiro autor era forte, careca, olhos grandes e tinha aproximadamente 1,90 de altura.

De acordo com o delegado Giulliano Biacio esta é a primeira vez que registra um caso como este, com bandidos se identificando como policiais. O caso deve ser encaminhado para a Derf (Delegacia de Especializada em Repressão a Roubos e Furtos).

Jornal Midiamax